Segurança de TI: tudo o que você deve saber

Embora os ataques cibernéticos estejam crescendo rapidamente em volume e sofisticação, o fato é que as organizações ainda estão lutando para contra-atacar.

Atualmente, apenas 5% dos arquivos da empresa podem ser considerados bem protegidos. Portanto, não é surpresa que o ano de 2021 já tenha visto algumas das piores violações de dados. Grandes marcas como T-Mobile, Microsoft Exchange, Facebook, Instagram e LinkedIn estão aparentemente levando o peso de tudo isso.

É por isso que você deve obter os princípios básicos antes de embarcar nos planos de segurança de dados. Continue lendo para encontrar respostas às perguntas mais frequentes sobre segurança de TI.

O que são ameaças à segurança cibernética?

Ameaças de cibersegurança referem-se a ataques digitais maliciosos que geralmente são orquestrados por hackers que buscam obter acesso não autorizado à rede de computadores de um indivíduo ou organização. O objetivo geralmente é roubar dados confidenciais, corromper dados ou acionar falha do sistema.

Exemplos de ameaças de segurança cibernética incluem ataques de negação de serviço (DOS), vírus de computador, malware, phishing e outros vetores de ataque.

Como Você Pode Detectar o Ransomware?

Uma vez que ataca, o ransomware bloqueia o acesso aos seus arquivos de sistema até que você pague um resgate. Acontece que é um dos modos mais prevalentes de ataque de segurança cibernética, porque vem em muitas formas diferentes – tanto que você não pode realmente garantir a imunidade completa de sua organização contra ele.

Você pode, no entanto, configurar essas medidas para ajudá-lo a prevenir, detectar e mitigar ataques de ransomware. Considerar:

  • Programação  de treinamento de conscientização sobre ransomware para colaboradores.
  • Monitorando seus sistemas 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Adotando ferramentas especializadas – como malware e software anti-spam ou ferramentas de detecção e resposta de endpoint – que são capazes de detectar e proteger contra ataques de malware .

Como você pode prevenir o malware?

Embora não haja um sistema infalível que possa proteger completamente seu sistema contra malware, você pode pelo menos minimizar os riscos implementando as seguintes medidas de prevenção e mitigação:

  • Como os usuários finais são seu maior fator de risco para a segurança cibernética, convém adotar o princípio do menor privilégio. Isso concederia a cada funcionário os níveis mínimos de privilégios de acesso a arquivos de que precisam para desempenhar suas funções.
  • Crie consciência sobre malware entre seus usuários finais. Ensine-os a detectar ataques em potencial, como evitá-los e como responder a ataques, além das consequências potenciais de ataques de malware.
  • Reveja e atualize constantemente seus sistemas para selar todas as brechas e vulnerabilidades que o malware potencialmente aproveitaria.
  • Crie backups de todos os seus arquivos de sistema e configure um plano de recuperação de desastres. Então, quando terminar, continue testando seu sistema de backup e recuperação regularmente.

Como você pode construir uma infraestrutura de TI segura?

Embora existam várias maneiras possíveis de proteger sua infraestrutura de TI, a melhor é o modelo de segurança de “confiança zero”. E, assim como o nome sugere, a abordagem é centrada no princípio de que as organizações não devem confiar automaticamente em seu pessoal e recursos. Tudo dentro e fora de suas redes deve ser considerado não confiável.

Portanto, você deve controlar estritamente todos os privilégios de acesso do sistema, após o qual pode configurar uma estrutura de verificação de usuário sólida que aplica autenticação multifator. Tudo isso deve, é claro, ser acompanhado por ferramentas padrão de cibersegurança, como firewalls, software antivírus, etc.

O que ajuda a reduzir os riscos de segurança na infraestrutura de TI?

Para minimizar os riscos de segurança em sua infraestrutura de TI, considere:

  • Conduzir auditorias regulares do sistema e verificações de saúde.
  • Criptografar os dados do sistema em repouso e durante o trânsito.
  • Protegendo todas as suas senhas de usuário com ferramentas de gerenciamento de senha.
  • Protegendo fisicamente suas instalações com câmeras de vigilância, guardas de patrulha, sistemas de alarme, cartões de acesso, etc.
  • Controlar estritamente o acesso aos arquivos, oferecendo privilégios e permissões de conta limitados.
  • Programação de programas de treinamento de segurança cibernética para usuários finais de tempos em tempos.
  • Remendar e atualizar regularmente seu sistema para selar todas as lacunas possíveis.

O que é um plano de resposta a incidentes de segurança cibernética?

Um plano de resposta a incidentes de segurança cibernética – ou plano de IR, para resumir – é um conjunto específico de medidas destinadas a ajudar as organizações a prevenir, detectar, mitigar e recuperar ocorrências de segurança perturbadoras, como interrupção do serviço, roubo de dados e ataques de malware.

Na maioria dos casos, os planos de resposta a incidentes de segurança cibernética levam em consideração os sistemas de backup e recuperação, medidas preventivas de segurança, os dispositivos e tipos de dados mais vulneráveis, os recursos necessários para reagir a incidentes, além das equipes de resposta a incidentes.

Como você pode proteger os dados?

Uma vez que os dados digitais enfrentam uma ampla gama de riscos de várias fontes, você deve considerar a criação de uma estrutura de segurança holística que prioriza:

  • Criar backups regulares de dados e armazená-los em locais diferentes. Recomendamos especialmente o uso da estratégia de backup 3-2-1.
  • Instalar as atualizações e patches de software mais recentes para selar novas brechas e vulnerabilidades.
  • Protegendo seu sistema com autenticação multifator (MFA) para evitar acesso não autorizado aos dados.
  • Privilégios de acesso de conta de controle estrito.
  • Criptografar seus dados em repouso (nas unidades de armazenamento) e durante a transferência (por meio da rede).
  • Empregar medidas de segurança física para proteger seus dados contra invasões físicas.

Por que é importante ter uma senha segura?

O objetivo de ter uma senha forte é, obviamente, reduzir o risco de acesso não autorizado à conta. Isso torna incrivelmente difícil para os hackers se infiltrarem no sistema, lançar ataques maliciosos e possivelmente roubar dados confidenciais.

Como você pode aprender sobre segurança de TI?

A segurança de TI é um assunto diversificado, cobrindo uma ampla gama de fatores de risco e sistemas de resposta. Além do mais, as tendências estão mudando progressivamente junto com os avanços tecnológicos.

Portanto, você pode não querer depender inteiramente de uma única fonte de informações. Em vez disso, tente desenvolver seu conhecimento de TI:

  • Lendo regularmente blogs relacionados à segurança de TI.
  • Participar de programas de treinamento de conscientização de segurança.
  • Manter o controle sobre as últimas notícias do setor de segurança cibernética, além das tendências em constante mudança.
  • Busca constante de informações sobre novos tipos de malware.
  • Obter certificações relacionadas à segurança de TI, como CISSP, CEH, CompTIA Security +, etc.

Como você pode vender segurança de TI?

Agora que a segurança de dados passa a ser a maior preocupação entre todos os tipos de organizações – de pequenas empresas a grandes empresas – o mercado nunca esteve tão maduro para serviços gerenciados de segurança de TI. Portanto, se você é um MSP, esta é, sem dúvida, a melhor hora para incluir a segurança de TI em suas ofertas de MSP.

Então, quando se trata de vender, você deve ser capaz de convencer os clientes em potencial:

  • Usar fatos e estatísticas do setor para educar os clientes existentes sobre a importância de aprimorar a segurança de TI. Você também deve aproveitar a oportunidade para demonstrar sua experiência em segurança de TI, bem como explicar como os serviços se encaixam bem em sua infraestrutura.
  • Se seus clientes em potencial já configuraram suas próprias medidas de segurança, você pode vender camadas de segurança adicionais como parte de seus serviços integrados.
  • Mostrando a seus clientes potenciais o valor de seus serviços de segurança de TI. Informe o número de tentativas de violação que suas ferramentas impediram, como você tem lidado com várias ameaças à segurança, o que tem feito para se recuperar de violações de dados, etc.

Write a comment