Descubra como Ataques de Hackers impactam nos custos das Empresas

Ataques de hackers estão se tornando cada vez mais sofisticados criando um desafio para a manutenção dos níveis aceitáveis na segurança da informação. O baixo nível de investimento na prevenção de ataques e o uso cada vez maior de aplicativos digitais, de origem muitas vezes desconhecida, oferecem riscos e permitem que os ataques sejam bem-sucedidos.

Constatou-se também que os hackers utilizam ferramentas automatizadas, computadores programados para fazer os ataques, permitindo que os ataques sejam em massa, sem escolher um segmento especifico, afetando qualquer tipo de negócio.

Ataques de hackers

Sendo assim, sofrer um ataque de hackers não é mais uma questão de “SE” irá acontecer e sim de ”QUANDO”.

Ter um firewall controlando a rede e os acessos a internet, ou um antivírus atualizado já não é suficiente para proteger as informações. É cada vez mais comum o uso da engenharia social para se aproveitar de brechas nos antivírus instalados, e-mails, mensagens de whatsup ou até mesmo SMS convidando o usuário a executar ações que podem comprometer a segurança, tais como: vejam fotos inéditas de uma personalidade famosa; clique neste link e ganhe assinatura do Netflix por 3 meses, dentre outros inúmeros exemplos que poderíamos citar aqui.

Estima-se que 1/3 de todas as falhas de segurança sejam causadas por erro humano, e os ataques só tendem a aumentar com a digitalização de tudo.

Portanto, é necessário um conjunto de práticas aliados a tecnologia que juntos elevarão o nível de eficiência da proteção dos dados.

Custos dos Ataques de Hackers

Muitas empresas não tem a percepção dos custos que os ataques de hackers podem causar.  Não fica muito claro o impacto que um ataque pode ter, a não ser quando ocorre algum. Vou citar alguns exemplos para que possamos ter uma dimensão.

Perder Produtividade e novos negócios

Quando uma empresa sofre um ataque de hackers, dependendo da dimensão, seus colaboradores deixam de produzir e de gerar novos negócios. Estes ataques impactam diretamente nos custos das empresas gerando perdas. Como exemplo vamos citar algumas áreas que podem ser afetadas:

  • A maioria das empresas depende de sistemas e internet para emitir faturamento, num ataque  esta área pode ficar parada;
  • Departamento de vendas não fecha novos negócios porque os dados foram criptografados num ataque de ransonware. Sem acesso aos dados, não há como fechar novos negócios;
  • Departamento de Produção também pode parar, porque a ordem de produção é emitida pelo sistema que não está funcionando.

Com estes poucos exemplos já dá para ter uma idéia dos prejuízos gerados em algumas horas. Imagine se o problema perdurar por vários dias.

Imagem da marca

Dependendo do tipo de ataque, a marca da empresa pode ser prejudicada passando uma “falta de segurança” ao mercado. Clientes e fornecedores que podem não querer mais fazer negócios para não ter informações pessoais “vazadas” e na mão de hackers. Neste caso, a empresa deverá realizar um plano de investimento em comunicação que possa recuperar o valor de sua marca e a confiança dos consumidores.

Processos legais e acordos

Empresas que tem os dados criptografados ou sofrem ataques que envolvam vazamento de informações pode sofrer ações legais de clientes que não tiveram seus contratos cumpridos pela interrupção de negócios, ou pior, tiveram seus dados confidenciais vazados.

Investimentos adicionais de Infraestrutura

Após um ataque de hackers, a empresa precisará planejar investimentos de recursos na recuperação de sua infraestrutura de TI, hardware e/ou software comprometido pelo ataque. Estes investimentos, feitos de uma única vez, também impactam nos custos da empresa.

Medidas Preventivas contra Ataques de Hackers

Há um ditado popular que diz o seguinte: "É melhor prevenir que remediar”. Com a proteção dos dados, este ditado também é valido.

Antes de sofrer um ataque é melhor tomar várias medidas para coibir a ação dos hackers, evitando custos indesejados.

Atualização de softwares

Mantenha os softwares sempre atualizados: sistema operacional, antivírus e aplicativos utilizados nos dispositivos (desktops, notebooks, smartphoes, tablets). Software desatualizado oferece uma brecha na segurança.

Políticas de Segurança

Elabore uma Política de Segurança para a proteção das informações criando procedimentos para o uso de recursos tecnológicos fornecidos pela empresa. A política deve ser simples e objetiva, todos devem estar envolvidos e devem ser revisadas e reapresentada aos colaboradores com frequência.

Estas políticas envolvem regras de acesso as informações, políticas de troca de senhas, boas praticas para navegação e uso dos e-mails.

Proteção da rede com firewall

Escolha um firewall capaz de proteger a sua rede e que oferece recursos de segurança capaz de prevenir e identificar ameaças. Os acessos externos devem ser protegidos através do uso de redes seguras (VPN).

Treine seus colaboradores

Transforme o colaborador num aliado na prevenção dos ataques de hackers. O treinamento constante ira ajuda-lo a identificar possíveis falhas de segurança no uso de e-mails ou na navegação de um site.

A prevenção bem sucedida dos ataques é um conjunto de fatores tecnológicos e humano. Lembre-se disso !!

Além dos ataques de Hackers

Você sabia que há outras medidas de prevenção que podemos usar  para aumentar a Segurança das Informações?

Faça uma Avaliação de Segurança e receba sugestões de melhoria para melhorar a segurança na sua empresa. Clique abaixo !

Dúvidas ou Sugestões ? Deixe seu comentário abaixo e entraremos em contato !!

Write a comment

One Comment